terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Macarrão ao molho cremoso de camarão




INGREDIENTES:







MODO DE FAZER:









TODAS AS RECEITAS CULINARIATERAPIA

RECEITAS TESTADAS

RECEITAS DA HANNA SOPHIA CULINARIATERAPIA

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2014

Quer comer chocolate sem culpa? Então coma o amargo!


Diversos estudos demonstram que o cacau, matéria- prima de que é feito o chocolate, pode trazer vários benefícios ao organismo, desde que consumido diariamente com moderação.


No entanto, os benefícios só ocorrem com o consumo do chocolate amargo, que possui o mais alto índice de cacau na sua composição, mas é difícil de encontrar no mercado brasileiro. Mas aos poucos as opções estão aumentando.

Pesquisas recentes indicam que o consumo de 6,3 gramas, o equivalente a quatro quadradinhos de uma barra grande (30 calorias), pode ajudar na queda da pressão arterial, sem alterar o peso ou as taxas de açúcar e gordura na circulação. O segredo estaria na alta concentração de certos flavonóides, como as catequinas, que elevam a produção de óxido nítrico, um vasodilatador natural.

Outra pesquisa, realizada na Universidade de Barcelona, se focou na ação do cacau no sistema imunológico. Os estudos em ratos jovens demonstraram um aumento nas células de defesa, guardiãs contra vírus e bactérias. Também há indícios de que o cacau protegeria os neurônios dos efeitos dos radicais livres.

Além disso, o chocolate amargo favorece o humor, pois contém substâncias que estabilizam as anandamidas, que produzem bem-estar, além de conter aminoácidos que são precursores da noradrenalina e da dopamina, que nos dão a sensação de andar nas nuvens!

Fonte: www.presenteparahomem.com.br e www.portalsaofrancisco.com.br


Veja uma deliciosa receita com muito chocolate:
TODAS AS RECEITAS CULINARIATERAPIA

RECEITAS TESTADAS

RECEITAS DA HANNA SOPHIA CULINARIATERAPIA

domingo, 16 de fevereiro de 2014

CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DA CASTANHA DE CAJU


Osso

A castanha é muito rica em magnésio, um nutriente essencial para a saúde dos ossos, porque favorece a sua estrutura. Ele também contém cobre, que é muito útil para as enzimas, que combinam o colágeno e a elastina, o que dá elasticidade às articulações.





Coração


Devido ao seu baixo teor em gordura, esta castanha é muito boa para a manter o coração sempre saudável, além disso essa castanha tem grandes quantidades de ácido oleico, uma gordura saudável que reduz o triglicerídeos, fazendo com que o coração funcione corretamente. Além disso essa castanha tem pouco colesterol e uma grande quantidade de antioxidantes, o que impede problemas cardiovasculares.

O peso corporal

Ficou provado que as pessoas que comem castanhas de caju duas vezes por semana têm menos probabilidade de ganhar peso do que aqueles que nunca as comem, elas são ricas em fibras e em energia, por esse motivo elas são uma excelente escolha para quem quer perder peso.

Câncer

A castanha de caju é rica em vitaminas, minerais, antioxidantes, fibras, o que ajuda a evitar o cancroeliminando as células malignas.

Degeneração Macular

A degeneração macular é uma doença que afeta a parte central da retina. Os pigmentos de castanha de caju encontrado flavonóides que funcionam como filtros, absorvendo os raios UV, evitando essa doença.

Cuidados da pele e cabelo

O cobre é indispensável para a produção de melanina, o pigmento que dá cor à pele e cabelo. Por este motivo, é altamente aconselhável que você às consuma, pois isso vai ajudar a manter o seu cabelo e a sua pele sempre saudáveis.

Inclua a castanha de caju em sua dieta, com isso você vai estar cuidando do seu corpo, e promovendo a sua saúde.


Fonte: dicas sobre saúde.


TODAS AS RECEITAS CULINARIATERAPIA

RECEITAS TESTADAS

RECEITAS DA HANNA SOPHIA CULINARIATERAPIA

quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

SORVETE ARTESANAL COM TEXTURA E SABOR INDUSTRIAL


SORVETE SABOR PANETONE

Ingredientes de um bom sorvete.

Chega de dizer que sorvete caseiro é aquele detestável mingau gelado com gosto de ovo. Você pode fazer sim, um delicioso sorvete artesanal comparável ao mais fino sorvete vendido em gelatarias italianas. E o melhor:  você vai poder consumir o quanto quiser.

GORDURA (VEGETAL ,MANTEIGA SEM SAL , CREME DE LEITE OU GORDURA VEGETAL DE PALMA)



A gordura no sorvete tem várias funções, como conferir cremosidade, maciez, sabor,reduzir a sensação de frio, aumentar a resistência ao derretimento, favorecer a incorporação de ar no sorvete, dentre tantas outras de igual importância. De forma geral, as melhores características de textura são atingidas com teores de gordura entre 8 e 10% do total da receita. a seguir as características e qualidades de cada tipo de gordura.

· Gordura vegetal hidrogenada: fonte de gordura mais barata entre as disponíveis no mercado, também é a que garante maior resistência ao derretimento no sorvete. Agrega ao produto final grande capacidade de incorporação e retenção de ar. No entanto, toda gordura vegetal hidrogenada é gordura trans, tão conhecida atualmente por ser prejudicial à saúde e estar associada a uma série de doenças cardiovasculares. Portanto, se desejar utilizar este tipo de gordura, você deve discriminar nos ingredientes do seu produto, cabendo ao cliente decidir se vai consumi-la ou não.
· Creme de leite: assim como todas as gorduras de origem láctea, apresenta as melhores características de sabor no produto final. Ao utilizar creme de leite, obtêm-se sorvetes mais cremosos e com uma textura mais fina, porque este ingrediente ajuda a reduzir o tamanho dos cristais de gelo formados na etapa de congelamento e endurecimento do sorvete. A taxa de incorporação de ar, no entanto, não é muito elevada.
· Manteiga: possui grande quantidade de ácidos graxos saturados. Algumas pesquisas indicam que, quanto maior o teor de ácidos graxos insaturados, menor a qualidade do sorvete e menor a taxa de incorporação de ar. Sendo assim, a manteiga é uma excelente fonte de gordura para o sorvete, agregando sabor e textura, contribuindo para a incorporação de ar e para a qualidade do produto de forma geral. Por ser uma matéria-prima cara, no entanto, é mais utilizado em sorvetes tipo PREMIUM. Portanto o sorvete elaborado com manteiga poder ser considerado um sorte fino é portanto, bem mais caro.
 - Gordura de palma: é uma gordura vegetal um pouco mais cara que a gordura vegetal hidrogenada, mas apresenta como vantagem não conter gorduras trans (é mais saudável). Agrega ao sorvete boa resistência do derretimento, sendo que seu ponto de fusão (derretimento) é pouco abaixo da temperatura corporal, ou seja, o sorvete irá derreter assim que entrar em contato com a boca. As características de sabor e incorporação de ar são similares a gordura vegetal hidrogenada.

· Fonte site: Finamac, com algumas modificações.

EMULSIFICANTE

O emulsificante tem como função, uniformizar a massa do sorvete fazendo com que este produto aumente a incorporação do ar dando volume e aspecto de aeração, melhorando a resistência ao derretimento e auxiliando na inibição de cristais de gelo.
A aparência do sorvete à medida que ele derrete é extremamente importante na percepção global do consumidor quanto à qualidade do produto. Além disso, a observação do processo de derretimento pode trazer informações quanto a outros fatores de variação da qualidade, tais como estabilidade da proteína, aglomeração de gordura etc., que afetam a cremosidade, suavidade e riqueza do sorvete.
A falta de emulsificante pode favorecer a separação de gordura durante a maturação e tornar a gordura livre durante a bateção, pela ruptura dos glóbulos.
O emulsificante não deve ultrapassar 0,2%, pois um excesso dificultaria a fusão do produto. Existem dois tipos de emulsificantes usados em sorvete: os mono e os diglicérides, derivados de glicérides naturais e gordura modificada, como esteres glicólicos.
O emulsificante das receitas originais de sorvete é a gema de ovo( apenas as gemas), essa preparação se assemelhava a uma gemada onde para se chegar a textura que lembra de longe o sorvete como conhecemos hoje em dia,  haveria o emprego de uma grande quantidade de gemas e manteiga ou nata de leite, o que encareceria o produto final além de aumentar sensivelmente a quantidade de gorduras saturadas e colesterol.

GLUCOSE DE MILHO

GLUCOSE é um produto obtido através da hidrólise ácida do amido de milho, sendo desta maneira também conhecida como açúcar de milho. É um monossacarídeo, podendo ser encontrado na forma livre (frutas e mel) ou como único constituinte dos polissacarídeos; amido, celulose e glicogênio. A glucose é utilizada para proporcionar maior maciez, evitar a formação de cristais de açucar e reduzir a doçura do sorvete.


LIGA NEUTRA

COMPOSIÇÃO: açúcar, amido de milho, antiumectante e CMC
C.M.C é abreviatura de carboximetilcelulose um polímero hidrossolúvel derivado de celulose para uso alimentar. O produto é apresentado na forma de pó e tem coloração ligeiramente amarelada.
O C.M.C. tem como propriedade principal uma grande capacidade de absorção de água.
O produto funciona primordialmente como espessante neutro, porém é também emulsificante, agente de suspensão homogenizante e aglutinante. É utilizado em vários alimentos pela indústria alimentícia como bolos, sorvetes, cremes, glacês.


Assista aos nossos vídeos:
TODAS AS RECEITAS CULINARIATERAPIA

RECEITAS TESTADAS

RECEITAS DA HANNA SOPHIA CULINARIATERAPIA

sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Receita de Pão de Queijo Muito Fácil.


Receita passo a passo. Mais fácil do que essa não existe!






















ZINHA SILVA


Em breve esta e outras receitas passo a passo em nosso site.
Aguardem!

Assista também ao vídeo:
TODAS AS RECEITAS CULINARIATERAPIA

RECEITAS TESTADAS

RECEITAS DA HANNA SOPHIA CULINARIATERAPIA